Quatro Meses Ap√≥s a Cirurgia da Acalasia

Enfim, cheguei ao quarto mês após a cirurgia da acalasia. Os pontos estão todos bem fechados, certamente, mas ainda estão bem visíveis.

Com a chegada do frio, sinto algumas pequenas dores ainda na regi√£o das incis√Ķes. Acho que, com a queda da temperatura, a pele estica e d√≥i um pouco, mas √© apenas um inc√īmodo, n√£o chega ser uma dor.

Continuo comendo bem devagar e com ajuda de l√≠quidos. A descida da comida at√© o est√īmago √© bem lenta, mas sem interrup√ß√£o.

N√£o consegui ganhar muito peso at√© este momento, apenas um quilo e meio – no m√°ximo – mas estou me sentindo bem. Consigo comer de tudo, sempre fracionando bem as refei√ß√Ķes.

Também não tenho mais aqueles fortes espasmos e não preciso correr para beber água gelada para aliviar as dores. Vida normal, apenas preciso estar sempre me preocupando em mastigar muito bem os alimentos e comer sempre devagar.

Quando estou mais ansioso, acabo comendo mais depressa, e acabo, invariavelmente, tendo alguns problemas. A comida p√°ra mesmo no es√īfago, n√£o por causa da EEI (que continua desbloqueada pela cirurgia, gra√ßas a Deus!), mas por conta da aus√™ncia do peristaltismo esof√°gico.

Como tenho 100% de aperistalse no es√īfago, al√©m da dilata√ß√£o esof√°gica (megaes√īfago), a descida √© realizada somente pela a√ß√£o da gravidade, como j√° expliquei antes. Ent√£o, se eu come√ßar a entrar na pilha dos outros e passar a engolir mais r√°pido, acabo me sufocando com a comida.

A raz√£o √© simples. Imagine um tubo que tem uma bomba (fazendo uma analogia ao peristaltismo) puxando o alimento para baixo, reduzindo o efeito do atrito de descida at√© o est√īmago. Agora imagine que a bomba quebrou, parou de funcionar. Mas o atrito ainda continua l√°.

O que vai acontecer se não esperarmos a gravidade, ou melhor, a força peso vencer o atrito? As próximas garfadas de alimentos irão se acumular com as anteriores, até bloquear a passagem. Fácil entender, não é mesmo?!

Por isso, preciso me alimentar devagar. Aliás, todos que têm acalásia precisam de mais tempo para se alimentar e as pessoas em sua volta devem se acostumar com a situação e criar consciência a respeito disto.

Ainda tenho eructa√ß√Ķes (nome bonito para “arrotos”) frequentes. Isso ocorre pois a minha EEI (esf√≠ncter esof√°gica inferior) ficou permanentemente relaxada, ou seja, aberta, por causa da cirurgia de Heller.

Tamb√©m costumo beber mais √°gua do que antigamente. Beber √°gua √© bom, pois limpa o es√īfago e empurra qualquer resqu√≠cio de alimento que possa ter ficado parado no es√īfago por qualquer motivo.

Percebi, al√©m disso, que bebendo mais √°gua eu tenho menos eructa√ß√Ķes e me sinto bem melhor.

N√£o tenho mais queima√ß√Ķes, nem azias e muito menos regurgita√ß√Ķes, engasgos noturnos ou durante o dia. A fundoplicatura foi maravilhosamente bem feita na minha cirurgia e n√£o tenho mais problema com refluxos.

S√≥ quem j√° passou por essa situa√ß√£o, sabe como √© desesperador acordar no meio da noite, se sufocando com a comida, com o l√≠quido que voltou ou com restos de alimentos que ficaram represados no es√īfago, por causa da acalasia. √Č angustiante.

Na próxima consulta ao médico, certamente terei que repetir outros exames, entre eles o esofagograma (radiografia contrastada) e a endoscopia para acompanhamento.

Mas est√° tudo normal, gra√ßas a Deus! Estou me sentindo cada vez melhor, apesar das limita√ß√Ķes da acalasia. E sinto que √© apenas uma quest√£o de adapta√ß√£o e nada mais.

4 coment√°rios em “Quatro Meses Ap√≥s a Cirurgia da Acalasia

    1. Ol√° Aline! J√° ouvi sim. Mas o meu m√©dico, na ocasi√£o, recomendou a Cardiomiotomia √† Heller com a Fundoplicatura. O sintoma com o bloqueio da comida e bebida na EEI foi eliminado com a cirurgia. N√£o tenho mais os sintomas cr√≠ticos da doen√ßa. Meu problema continua sendo a velocidade de descida de alimentos pelo es√īfago por causa da aus√™ncia de peristaltismo. E isso √© irrevers√≠vel, nenhuma cirurgia resolve isso, nem mesmo a POEM que tamb√©m apenas desbloqueia a EEI.
      Obrigado pela mensagem!!

      Curtir

    1. Ol√°, meu amigo!!! Tudo bem com voc√™? Eu fiz a cirurgia e os benef√≠cios duram bastante tempo. Segundo o meu m√©dico, √†s vezes a vida toda ap√≥s a cirurgia. E em alguns casos o problema pode voltar em 15 ou 20 anos. Vamos torcer para que dure a vida toda!! ūüėČ Mas voc√™ est√° precisando de alguma ajuda? Abra√ßos.

      Curtir

Deixe um coment√°rio

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em coment√°rios s√£o processados.